Ft. João Filipe Albuquerque

Viva o estilo de vida orgânico

Análises de múltiplos estudos demonstram que alimentos orgânicos possuem níveis mais significativos de vitamina C, ferro, magnésio e fósforo do que variedades convencionais dos mesmos alimentos. A verdade é que um alimento só pode dar ao corpo aquilo que ele encontra no solo, e o cultivo orgânico busca nutrir o solo de forma profunda para fortalecer a imunidade do mesmo e com isto minimizar o uso de qualquer tipo de defensivo. Quando utilizados, são escolhidos os não-tóxicos, de plantas como o Neem, um pesticida natural.

Read More

14 coisas que você deveria saber sobre Cogumelos

1. Pertencem à família dos fungos

2. Existem cerca de 4,5 mil espécies comestíveis no mundo

3. Os comestíveis chegaram ao Brasil apenas na década de 1950

4. No Egito era considerado um presente divino oferecido aos faraós.

5. Alguns são consumidos frescos sem serem cozidos.

6. Altamente nutritivos. Ricos em vitaminas, proteínas, fósforo, vitaminas do complexo B, ácido fólico, fibras e outros elementos essenciais.

7. Tem 3x vezes mais ácido fólico que o brócolis e o espinafre

8. Alguns cogumelos se destacam pela ação antimicrobiana e assim podem combater alguns micro-organismos prejudiciais para o organismo.

9. Fortalece o sistema imunológico e ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares.

10. Os cogumelos possuem forte ação antioxidante, ou seja, agem combatendo os radicais livres do organismo.

11. Há estudos que relacionam os cogumelos com a diminuição do colesterol.

12. Outro ponto interessante dos cogumelos é que ajudam no controle do diabetes.

13. Por ser um alimento rico em beta-glucanas, especialmente a lentinana (substância que estimula o sistema imunológico, especialmente células chamadas de natural killer que destroem as células cancerígenas), estudos preliminares apontam a relação entre o cogumelo e o tratamento do câncer.

14. São simplesmente deliciosos!

15 hábitos alimentares que você precisa seguir

Alimentares

1) Substitua açúcares por gorduras naturais saudáveis como: manteiga ou ghee, abacates, coco (especialmente na forma do lótus de coco, que estimula o metabolismo de lipo-adaptação, ou queima de gordura como combustível), azeite de oliva puro, castanhas e sementes oleaginosas ou semelhantes.

2) Busque se alimentar de comida de verdade, algo possível de ser preparado mesmo antes do advento da indústria.

3) Minimize cereais, principalmente o glúten.

4) Exclua a margarina da sua vida e evite óleos derivados de grãos.

5) Dê ao corpo proteína de qua lidade: Feijões, Semente de Abóbora, Girassol, Chia, Linhaça, Legumes, Algas, Folhas Verdes, Proteína concentrada de Arroz e de Ervilha; Peixes limpos, Ovos de Galinha, Carne Vermelha, Frutos do Mar, Proteína do Colágeno e Queijos.

6) Faça uso moderado de tubérculos e outros alimentos ricos em amido.

7) Vá devagar no uso de todos os laticínios industrializados processados, homogeneizados, pasteurizados e desnatados ou semidesnatados.

8) Procure sempre alimentos orgânicos

9) Evite fritar ou usar microondas nos alimentos.

10) Prefira frutas como sobremesa e não como sua fonte principal de nutrição

11) Quem tem sede bebe água!

12) Se você sair da linha, evite a mentalidade de se maltratar e condenar. Basta voltar de onde parou.

13) Adicione temperos, ervas e especiarias em sua comida para enriquecê-la com nutrientes e sabor.

14) Coma até estar quase satisfeito e pare.

15) Inicie sem pressa. Sua meta é ser feliz e Saudável!