Ft. João Filipe Albuquerque

Você sabia que a gravidade produz efeitos no seu corpo?

Daqui do planeta Terra, a explicação mais óbvia para a força da gravidade é soltar um objeto no ar e vê-lo chegar ao chão. Mas a verdade é que essa atração repercute o tempo inteiro no nosso corpo. Não é tão simples observar, mas uma experiência realizada com o astronauta americano Scott Kelly nos ajudar a perceber com um pouco mais de detalhes.

A viagem

Scott Joseph Kelly nasceu em 1964, é astronauta e aviador naval. Por já ter participado de quatro missões espaciais, já é considerado um veterano. Mas sua principal missão espacial foi denominada “One Year Mission”, entre os anos de 2015 e 2016, no qual passou 340 dias contínuos a bordo da Estação Espacial Internacional (EEI) para perceber a adaptação do corpo humano a longos períodos no espaço. O Detalhe é que Scott tem um irmão gêmeo, o que auxiliou na comparação entre os corpos e situações psicológicas.

Dores no corpo e mudança na altura

É uma condição normal para qualquer astronauta, após missões espaciais. No entanto, por ter passado tanto tempo sem a atuação da gravidade no seu corpo, Scott não consegue nem dizer qual a parte do corpo dói, é generalizada. Além das dores, há também a hipersensibilidade na pele, que pode ser justificada por não ter tido contato físico com nada significativo por muito tempo. Sendo assim, sempre que se senta ou deita, sente ardência. Além disso, depois de chegar à Terra, percebeu-se que Scott 3,81 cm maior que o seu irmão. Mas após alguns dias, voltou ao seu tamanho natural.

Conceito de Sohier para compreender a integralidade do corpo

Os especialistas que analisam esse estudo já indicam que algumas reações podem ser explicadas já que, quando estão em microgravidade, os astronautas perdem massa muscular e a densidade óssea, muito embora façam duas horas de exercícios físicos durante seis dias da semana. A justificativa é de que como não precisam suportar a força da gravidade, os músculos ficam mais preguiçosos. Essa integralidade entre o corpo e as forças externas foi apontada por Sohier. “Ele compreendeu como as forças da Terra, a gravidade e até a resposta do chão, transitam pelo nosso corpo e, assim, atingem nossos ossos, articulações e como as células recebem essas forças. O que essas células precisam para sobreviver e o que as desgasta. Tudo passou a ser mais compreendido a partir do entendimento do funcionamento da máquina humana”, explicou o especialista no Conceito de Sohier, o fisioterapeuta João Filipe.


Post a comment